Tecendo reflexões sobre a docência em História por meio do estágio

Autores

DOI:

https://doi.org/10.69532/2178-4442.v21.74631

Palavras-chave:

Estágio, Experiência, Formação Docente, Regência

Resumo

Essa comunicação é construída a partir da experiência adquirida no Estágio Supervisionado IV ofertado no 8° semestre do Curso de Licenciatura em História da Universidade Regional do Cariri-URCA. O trabalho objetiva analisar a relevância de tal estágio para a formação profissional do docente em história. Ademais, é colocado em pauta de forma breve questões relacionadas ao livro didático e aporte metodológico utilizado em sala de aula. A pesquisa é de cunho qualitativo (MINAYO, 2016) havendo como ferramenta metodológica: o levantamento bibliográfico e as vivências durante o estágio. No que concerne ao referencial teórico é utilizado autores como: Almeida (2002), Braga e Schneider (2012), Bittencourt (2008), Cavalcanti (2016), Carrano (2008), Freire (1989; 2021; 2022), Karnal (2012), Luckesi (2013), Pimenta (2017), Souza e Gonçalves (2012), Schmidt (2011). A base conceitual é voltada para: estágio, ensino de história, formação docente, livro didático e saberes docentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Dinajilas Gomes de Melo Santos, Universidade Regional do Cariri

Graduanda em História pela Universidade Regional do Cariri (URCA); Bolsista de Iniciação Científica da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PIBIC-FUNCAP); Membro do Núcleo de Pesquisa em Ensino, História e Cidadania (NUPHISC)

Cicera Mônica Rodrigues da Silva, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em História pela Universidade Regional do Cariri (URCA); Mestranda em Educação e Ensino pela Universidade Estadual do Ceará; Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP); Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Ensino, História e Cidadania (NUPHISC).

Referências

ALMEIDA, Ana Maria Bezerra de. O plano de ensino: ponte entre o ideal e o real. In: LIMA, Maria Socorro Lucena; SILVA, Silvina Pimentel; ALMEIDA, Ana Maria Bezerra de(org.). Dialogando com a escola. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2002. 53-61 p.

BITTENCOURT, Circe Maria Fernandes .Ensino de História: fundamentos e métodos. 2. Ed. São Paulo: Cortez,2008.

BRAGA.D.T.C; SCHNEIDER.E.C. Estágio nos anos iniciais: vivências e aprendizados. Revista e Ped. – FACOS/CNEC Osório. V. 2. N. 1. AGO/2012 – ISSN2237-7077. Disponível em: http://facos.edu.br/publicacoes/revistas/e-ped/agosto_2012/pdf/estagio_nos_anos_iniciais_- _vivencias_e_aprendizados.pdf> acesso: 21 de junho 2023.

CAVALCANTI Erinaldo. Livro didático: produção, possibilidades e desafios para o ensino de História. Revista História Hoje, v. 5, n. 9, p. 262-284 – 2016. Disponível em: https://rhhj.anpuh.org/RHHJ/article/view/219/183 . Acesso: 01 de junho de 2022.

CARRANO, Paulo. Identidades culturais juvenis e escolas arenas de conflitos e possibilidades. In: MOREIRA, Antonio Flávio., CANDAU, Vera Maria (Orgs.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. Petrópolis: Vozes, 2008, V1. p.182-211.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo: Cortez, 1989.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2021.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2022.

KARNAL, Leandro. Conversas com um jovem professor. São Paulo: Contexto, 2012.

LUCKESI, Cipriano Carlos. O educador: Qual o seu papel na contemporaneidade? In: D’ÁVILA, Cristina Maria. Ser professor na contemporaneidade: desafios, ludicidade e protagonismo. 2. Ed. Curitiba, PR: CRV, 2013. 148p.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2016.

PIMENTA, Selma Garrido. LIMA, Maria do Socorro Lucena. Estágio e docência. 8 ed. São Paulo: Cortez, 2017. 312p.

RÜSEN. Jörn. O livro didático ideal. In: SCHMIDT, Maria Auxiliadora; Barca, Isabel; MARTINS, Estevão de Rezende (Org.) Jörn Rüsen e o ensino de História. Curitiba: Ed. UFPR, 2011.

SCHMIDT, Maria Auxiliadora. M. S.. Entrevista concedida à CAMINE – Caminho da Educação – Unesp, 2011. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=O9c9OjMzj18. Acesso em: 10 de Junho de 2023.

SOUZA, Maria Darliane Araújo De. GONÇALVES, Antônia Evangelina Custódio. Relato de experiências vivenciadas durante o estágio supervisionado no ensino de ciências em uma escola de educação básica em Itapipoca-ce. Anais IV FIPED... Campina Grande: Realize Editora, 2012.Disponível em: <https://www.editorarealize.com.br/artigo/visualizar/412>. Acesso em: 23 de junho de 2023.

Downloads

Publicado

26-10-2023

Como Citar

SANTOS, D. G. de M.; SILVA, C. M. R. da. Tecendo reflexões sobre a docência em História por meio do estágio. Poíesis Pedagógica, Catalão, v. 21, 2023. DOI: 10.69532/2178-4442.v21.74631. Disponível em: https://periodicos.ufcat.edu.br/poiesis/article/view/74631. Acesso em: 14 jun. 2024.

Edição

Seção

ARTIGOS