A PRÁXIS PEDAGÓGICA DO CINEMA E SEU DIÁLOGO COM A ALIENAÇÃO EM MARX

Autores

  • Emerson Ellano Praciano UFC
  • Hipácia Lima

DOI:

https://doi.org/10.5216/emb.v19i1.70170

Resumo

O presente artigo tem o ensejo de mostrar a importância das atividades audiovisuais produzidas por alunos de ensino médio com temáticas filosóficas. A práxis pedagógica e o cineclube gira em função dessas produções audiovisuais para que possam ser utilizadas como referencial educativo nas aulas de Filosofia, além de despertar habilidades para que os estudantes possam aprender técnicas cinematográficas e problematizar conteúdos filosóficos através da reflexão ao produzir e ao assistir aos vídeos.  Considerando assim, como ponto de partida a discussão, a articulação entre a prática educativa e o processo de aprendizagem inserido na construção de um curta-metragem podem contribuir para alunos mais críticos e menos alheios ao outro e ao mundo.

Palavras-chave: Cineclube. Cinema. Filosofia.

Publicado

2022-03-30