QUESTÃO AGRÁRIA, LATIFÚNDIO E CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA EM JAGUARUANA, CEARÁ

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/o.v21i1.74528

Resumo

Assim como observado em todo o Brasil, a questão agrária do município de Jaguaruana, no Ceará, caracteriza-se pela contínua reprodução dos latifúndios e pela ampliação dos quadros de concentração de terra, de água, de renda e de poder, direcionando os rumos do uso, da posse e da propriedade da terra. Diante deste contexto, objetiva-se discutir acerca da concentração fundiária mediante a onipresença dos latifúndios em Jaguaruana. Para tanto, utilizou-se de levantamento bibliográfico e de levantamento quantitativo, com análise de dados divulgados pelo Sistema Nacional de Cadastro Rural (SNCR), do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA). Com a consecução da pesquisa, evidencia-se a complexidade da questão agrária local, demarcada pela perpetuação dos latifúndios e da concentração fundiária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2024-03-27

Como Citar

LEITE SILVA, F. R.; PAIVA MARTINS , E.; VIEIRA CAVALCANTE, L. QUESTÃO AGRÁRIA, LATIFÚNDIO E CONCENTRAÇÃO FUNDIÁRIA EM JAGUARUANA, CEARÁ. OPSIS, Goiânia, v. 21, n. 1, 2024. DOI: 10.5216/o.v21i1.74528. Disponível em: https://periodicos.ufcat.edu.br/Opsis/article/view/74528. Acesso em: 13 abr. 2024.

Edição

Seção

Dossiê Ruralidades e meio ambiente: retrocessos e desmontes institucionais